Shockleader pronto

Olá companheiros, hoje vamos partilhar convosco uma das formas como fazemos para ter o shockleader pronto.

Porque não utilizamos baixadas

Como é do vosso conhecimento, nós não utilizamos baixadas, ou seja, fazemos as nossas montagens diretamente no shockleader.

Na verdade, as baixadas são muito utilizadas em competição, porque estas podem ser muito variáveis.

Outra das vantagens é o facto de poder voltar rapidamente à pesca, quando partimos as montagens.

Mas como não fazemos competição, só vimos desvantagens na sua utilização, pois usamos apenas duas montagens, podendo haver algumas variantes.

A montagem feita diretamente no shockleader, tem outra vantagem, menos peso, menos atrito, logo mais metros no lançamento.

Quando existe lixo “algas” no pesqueiro, estas inevitavelmente agarram no clip das baixadas, sendo isto, outra desvantagem.

Como voltar rapidamente à pesca quando a linha parte?

Muitas pessoas que acompanham o nosso trabalho, têm-nos perguntado, quando partimos a nossa linha como conseguimos voltar rapidamente à pesca.

Na verdade temos duas formas de resolver este problema rapidamente, hoje partilhamos uma delas.

Sendo esta uma excelente solução, a outra é ainda muito mais simples e rápida, mas ficará para outro vídeo.

Então como fazemos, para resolver a perda do shockleader?

Trabalho de casa

Muito simples, temos shockleaders prontos, com as nossas montagens já feitas, quer sejam as diurnas ou noturnas.

Este trabalho deve ser realizado em casa, para não perdermos tempo algum durante a nossa jornada de pesca.

Todos os segundos contam, pois enquanto a chumbada está cá fora, não iremos apanhar qualquer peixe.

Desta forma, basta apenas fazer o nó de união do shockleader à linha do carreto, manivelar os 15 metros do shockleader.

Agora chegámos ao clip, é só pôr a chumbada.

Como também levamos os estralhos prontos de casa, basta agarrar num, e colocá-lo no slider ou crossbead.

Ou seja, bastam apenas dois nós, e conseguimos resolver o nosso problema, agora estamos de novo à pesca.

Isto demonstra bem, a importância de fazermos os trabalhos de casa.

A nossa jornada de surfcasting, deve começar em casa, este é o nosso conselho.

Se gostaste deste artigo e queres aprender técnicas de lançamento e como ler o mar e escolher o pesqueiro e muito mais, inscreve-te no nosso curso de surfcasting clicando aqui. (página de inscrição) 

Para saberes mais sobre o nosso curso clica aqui

Um forte abraço

NR surfcasting

Outros vídeos de interesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *