Pesca

Sargos vs Manel

Manuel Monteiro
Escrito por Manuel Monteiro
Junta-te a mais de 20.000 companheiros

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade


Sargos vs Manel.

Olá pescador.

Neste vídeo e neste artigo, tenho como principal objectivo fazer um apelo á segurança na pesca.
Todos os anos acontecem acidentes com pescadores desportivos.
E como eu sei que muitos pescadores se inspiram nas minhas pescarias.
E certamente se aventuram por essas falésias, ou a pescar de pedra em pedra.
Não posso deixar de relembrar alguns cuidados a ter em conta quando se pratica a pesca aos sargos.
Que é uma das modalidades onde acontecem mais acidentes.
Por essa razão vos mostro mais uma vez que a consciência do que pode ou não fazer é o mais importante.
Como exemplo eu mostro que mesmo pescado num pesqueiro que conheço muito bem e onde já pesquei dezenas de vezes.
Neste dia não me sentia bem fisicamente e como tenho essa consciência de que não estava seguro.
Optei por me prender com um cabo á rocha.
Para no caso de ter alguma tontura ou desequilibro, ter sempre um ponto de ancoragem.

Sargos vs Manel.

Então, assim que me senti seguro, comecei a pescar.
Sentia-me fraco e cansado, depois de tal caminhada, de descer a falésia e moer toda a sardinha para fazer o engodo.

Mas a vontade de pescar é sempre mais forte.
Comecei por pescar alguns sargos, não muito grandes, que os tirei facilmente.
Até que ferro um grande sargalhão.
Não foi difícil de o dominar e de o deixar ao de cima da agua.
O pior foi o trazer contra toda a rebentação das grandes ondas, até ficar por baixo de mim, para o puder levantar.
Isso sim, deu muito trabalho e deixou-me mais cansado ehehehe.
Era um peixe que deveria de ser tirado com o auxilio da rabeca.
Mas fazer essa operação sozinho naquele pesqueiro é mesmo muito difícil.
Por isso optei por o tentar levantar a peso.
Mas o peixe acabou por se soltar do anzol.

Lutas infernais

Algum tempo passou, a maré subiu e fui tirando mais uns peixes.
Até que ferro um outro sargo ainda maior do que o primeiro que já me tinha dado cabo do cabedal.
Primeiramente, pelo arranque que fez, até pensei que poderia ser uma douradas das grandalhonas.
Agora com a maré mais cheia, já não tinha o problema das ondas a rebentarem em cima do peixe.
E até tentei colocar a rabeca, mas eu realmente não estava bem naquele dia.
A rabeca estava mal colocada na cana, e eu já cansado, optei por tira-la e levantar o peixe a peso.
O que se revelou impossível e acabei por partir a linha e voltar para casa
com uma grande lição de humildade, dada pelos nosso amigos sargalhões que ficaram a crescer mais um pouco.

Abraço MM

Olá Companheiro,

o que achas-te deste conteúdo? Diz nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

One Reply to “Sargos vs Manel”

Luís Pimentel

Bom dia Manel
Obrigado por mais um belíssimo video, não só pela coragem de ter mostrado duas vitórias do peixe e a pesca é mesmo isso, como e ai muito em cima, pela recomendação da segurança. Sou um homem da segurança, é a minha profissão, contudo e talvez por isso, uso há muitos anos uso as cordas nas minhas descidas e subidas nas falésias. A forma como o Manel se amarrou não é a mais segura, existem alguns nós que fazem uma espécie de arnês dão total mobilidade e são muito seguros.
Se estiver interessado teria imenso gosto em lhos explicar. Os meus contactos são o tlm: 930658985 ou o email luispimentel.costa@gmail.com. Fico a aguardar.
Cumprimentos
Luís Pimentel

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Junta-te a mais de 20.000 companheiros

Antes 7,99€, Agora Grátis Por Tempo Limitado

Descobre Os 6 Erros Que Tu Estás a Fazer Neste Momento Que Estão Impedindo-te De Apanhares Peixe!
Coloca o teu email no formulário abaixo e recebe gratuitamente este eBook
Baixar Agora!
Os teus dados estão seguros.
close-link
 Os 6 Erros Que Te Estão Impedindo De Apanhar Peixe
Baixar e-Book
e-Book Grátis
close-image
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.