Reutilizar anzois

Olá pescadores, devemos reutilizar anzois, será que faz sentido?

Muitas pescadores que já pescaram connosco, fazem o seguinte, anzois utilizados, lixo com eles.

Segundo as suas opiniões, os anzois utilizados perdem toda a sua eficácia, sendo assim, reutilizar anzois, nunca.

Dizem estes pescadores. que os anzois devem, pescar apenas durante uma jornada de pesca.

Mas reparem, quanto tempo tem uma jornada de pesca?

Pode ter uma hora, como pode durar doze horas ou ainda mais.

Então o anzol só deve ser utilizado numa jornada de pesca !?

Reutilizar anzois

Como é possível este estar em perfeitas condições para uma jornada de doze horas, e não poder fazer duas jornadas de duas horas cada.

Este é apenas um pequeno exemplo de muitos, ou seja, não faz qualquer sentido este raciocínio, se não vejamos.

Primeiro temos de ter a consciência que de facto um anzol de pesca utilizado na praia, tem desgaste.

Pois a sua passagem recorrentemente na areia, após cada recuperação, de facto desgasta o bico do anzol.

Tornando-o mais redondo, perdendo assim eficácia.

Por cada peixe que este apanha, obviamente, também desgasta o bico, tornando a sua ferragem menos eficaz.

Importante também reconhecer, que existem espécies com dentes, exemplo, sargo o dourada, que mal tratam os nosso anzois.

Mas imaginem que fazemos uma jornada de surfcasting de apenas duas ou três horas.

E até não apanhámos qualquer peixe, para onde vai o nosso anzol? lixo? Nem pensar!!!

Então o que fazer com os nossos anzois já utilizados?

Nós fazemos o seguinte, todos os anzois utilizados, irão connosco para casa, para serem sujeitos a um teste.

Em casa, vamos passa-los na palma da nossa mão, e perceber se estes ainda agarram bem, ou seja, se a ferragem está conforme.

Para termos um termo comparativo, utilizamos um novo, igual ao que estamos a testar.

Se ainda agarrar bem, passar por agua doce e secar, para não correr o risco de enferrujar.

Se não passar o teste, então, lixo com ele.

Um forte abraço

NR surfcasting

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *