Pesca com Manuel Monteiro

Luta com polvo louco.

Manuel Monteiro
Escrito por Manuel Monteiro
Junta-te a mais de 20.000 companheiros

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

O dia em que tentei fazer a pesca do polvo.

Olá pescador, como sabes a minha pesca preferida é a pesca aos sargos.
No entanto neste dia estava previsto um mar muito fraco para a pesca e como era uma grande mare de lua, decidi ir aos polvos.
A mare vazia era logo pela manha, e como já à uns tempos que andava com a ideia de ir experimentar esta modalidade de pesca ” a pesca aos polvos” lá fui eu.
Todavia nesse dia ganhei coragem, inventei uns apetrechos com dois pedaços de carbono (das canas de pesca, está claro) prendi uns anzóis grandes na ponta, comprei umas sardinhas, coloquei um suporte para a câmara na vara e la fui eu á aventura.
Comecei a descer a falésia duas horas antes da maré vazia.
Como nunca tinha feito esta pesca, sabia que iria perder muito tempo a tentar descobrir os rastos dos polvos.
Embora eu soubesse que tinha de andar a “apalpar” nos buracos por baixo das pedras, eu não fazia ideia de quanto tempo teria de deixar a vara dentro de cada buraco.
Seriam alguns minutos? Alguns segundos?

O polvo

Já andava ali pelas poças de agua a fora à uns bons trinta minutos, quando vejo um pequeno polvo a movimentar-se por cima das pedras.
Podia o ter agarrado logo à mão, mas decidi experimentar chegar a sardinha junto dele para ver qual a sua reação.
No entanto o pequeno polvo não ligou nenhuma á minha sardinha, na verdade, ele até fugiu para um buraco.
Aproveitei para tentar ver se o conseguia apanhar com o meu artefacto.
O que na verdade funcionou muito bem.

pesca do polvo

Continuei por mais uma hora aproximadamente, a colocar a sardinha por baixo das pedras, mas a verdade é que não sentia absolutamente nada.
Já estava a fica desmotivado, quando decidi experimentar uma outra zona já bem afastada.
Assim que lá cheguei, coloquei a vara com a sardinha por baixo de uma pedra, dentro de um buraco e com o outro gancho comecei a “apalpar” outros buracos que haviam á volta dentro daquela poça de agua.

A luta com o polvo

Entretanto, pelo canto do olho vejo que a minha vara da sardinha que estava lá á entrada do buraco, começou a rodar e a entrar para baixo das pedras.
Imediatamente larguei o gancho, segurei a vara e comecei a puxar para fora, no entanto o polvo fez tanta força que tive de a segurar com as duas mãos.
Como não tinha experiencia ainda ali andei a lutar com ele mais de meia hora, pois quando eu fazia demasiada força ele largava.
Até que já no “desespero” decido colocar os dois ganchos dentro do buraco e puxar com os dois ao mesmo tampo.
Para ser sincero, acabou por sair muito mais facilmente do que parecia ser possível.
Talvez já tivesse cansado, não sei.
A verdade é que foi uma manha muito bem passada, diverti-me muito e apanhei o meu primeiro polvo.

Abraço MM

Olá Companheiro,

o que achas-te deste conteúdo? Diz nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

10 Replies to “Luta com polvo louco.”

Christophe

Olá Manuel, Qual é o pezo deste Macaco ?

Pedro

Ola manuel quando for assim que o polvo nao quizer sair utiliza sal ou lexivia. Fica a dica .

Manuel Monteiro

Boas amigo Pedro.
Muito obrigado pelas dicas, para a próxima já sei.
Abraço MM

Jorge Leandro

Amigo manel,se usar so um gancho o mesmo com a sardinha è mais facill e mais rapido a sacar o polvo

Manuel Monteiro

Boas amigo Jorge
Muito obrigado pelas dicas, para a próxima já sei.
Abraço MM

Ricardo Nobre

Boas Manel, nós aqui na zona nao usamos sardinha nem nada… o Bicheiro como assim lhe chamamos tem 2m 2.5m de comprimento é so passar e enfialo la para dentro. e gancho e bastante espesso …. peto de 1cm de secçao

Manuel Monteiro

Boas amigo Ricardo
Muito obrigado pelas dicas, para a próxima já sei.
Abraço MM

Ricardo Nobre

Esqueci me de referir… O cabo também deve ser espesso e com decalques para conseguires agarrar bem senão um polvo de 3/4kg fica lá… Também há quem marque os buracos onde já apanhou povos.. Isto é bom no sentido em que os buracos estão sempre lá podem estar areados mas se não tiverem já sabes que é um buraco a tentar a sorte

Manuel Monteiro

Muito obrigado pelas dicas preciosas.

João Azeredo

Olá Manuel, gostei muito do teu video.
Aonde é que foste caçar os polbos.
Tambêm podes me dizer se polvo pode servir de isca?

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Junta-te a mais de 20.000 companheiros

 Os 6 Erros Que Te Estão Impedindo De Apanhar Peixe
Baixar e-Book
e-Book Grátis
close-image
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.