Pescaria de sargos

pesca da dourada

Olá pescador
Estava-mos no inverno, mas o dia era de sol, com o céu limpo, mais parecia verão.

Como sempre, tomei o pequeno almoço com a família, levei as meninas para a escola, a Vera foi para a loja.
E eu calmamente, fui para mais um dia a beira mar a fazer o que mais gosto: PESCAR.

Ao descer a falésia normalmente vou sempre dando uma olhadela nas feições juntos ás pedras.
(Sem nunca deixar de ver onde coloco os pés)

Para começar a ter uma ideia de que pedra vou escolher para pescar.

E vejo algo cor de laranja dentro do branco da espuma, achei muito estranho.
Mas depois de um pouco de tempo a olhar, lá apareceu um mergulhador ao de cima.
Éra a bóia sinalizadora, ele levanta uma mão e um barco vem lá de fora a toda a velocidade, para o vir buscar.

Pesqueiro desocupado e lá vou eu.

Chego ao pesqueiro, monto a cana, isco o anzol e quando vou para limpar as mãos apercebo-me que me esqueci de trazer um pano.

Tudo bem, podia ser pior, só tinha de estar sempre a lavar as mãos nas possas de agua.

Pesca da dourada

Comecei a minha pescaria e depressa me apercebi de que os peixes estavam difíceis.
Mas adaptando-me ao pesqueiro lá fui tirando um sargo aqui e outro ali, e compondo a alcofa.

Eu gosto de dias assim, sossegado á beira mar a tentar enganar uns peixes.
A quantidade já não me diz nada, e essa é a principal razão para eu já não ir para a pesca muito cedo.
Antigamente gostava de estar no pesqueiro logo ao amanhecer, para poder pescar grandes quantidades de peixe.

Para quê? Para depois ter de os carregar para cima?

Hoje não, hoje o que quero é passar um bom bocado á beira mar, e gosto quando os peixes estão difíceis.

O vento começou a aumentar, e a pesca deixou de ser agradável.
Mas como ainda era muito cedo, montei a minha cana da chumbadinha e fui para um cantinho abrigado.
pesca da dourada

Ainda lá apanhei mais uns peixes, e mesmo não estando a fazer a pesca de dourada.
Ainda veio uma russa para completar a festa.

Abraço MM

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: https://segredosdepesca.com/oferta

6 Comentários

  1. Nuno Salvador

    Bela pescaria Manel, esse pequeiro parece uma bancada da praça eheh. Na parte da chumbadinha, e só para eu ter uma noção, podes dizer o peso do chumbo que usas sff?

    • Boas Nuno
      Este pesqueiro é como todos os outros, tem de reunir as condições necessárias.
      Não me lembro de quanto peso estava a usar, mas pelo estado do mar calculo que fossem 20gr.

      Abraço MM

  2. José Santos

    Grande pescaria amigo Manuel assim tá bem um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *