Nó de cabeçote

Nó de cabeçote

Olá pescadores, hoje vamos partilhar convosco, uma forma de fazer o nó de cabeçote, que usamos para segurar o estralho ao cross bead.

Antes de mais, dizer-vos, que o cross bead, é uma alternativa ao slider, ou seja, é um acessório que podemos utilizar para segurar o nosso estralho ao shockleader.

Como sabem, nós fazemos as montagens, diretamente no shockleader, logo, temos de arranjar uma solução para segurar as montagens.

Temos duas, o slider ou o cross bead, neste caso, falaremos do segundo.

Então o que é um cross bead?

È uma peça em plástico, cilíndrica ou oval, que tem quatro furos, ou seja, dois canais.

Num dos canais, vamos passar o shockleader, no outro, vamos passar a linha do estralho, aquela que pretendemos utilizar o anzol.

Agora temos de fazer um nó que nos dê toda a segurança, pois temos de contar que vamos apanhar peixes grandes, que exercem muita força na linha.

Para fazer o nó de cabeçote, é muito simples.

nó de cabeçote

nó de cabeçote

Nó de cabeçote

Vamos fazer uma laçada, passamos por dentro, mas não a vamos fechar, seguramos com a mão.

Agora vamos repetir este procedimento mais duas vezes, ou seja, um total de três vezes.

Não podem ser duas, nem quatro vezes, pois duas podem ser insuficientes, e quatro pode o nó encavalitar.

Depois de feitas as três laçadas, agora é só puxar.

Vamos reparar que o nó vai apertando, e ao mesmo tempo, formando um cabeçote.

E é precisamente este cabeçote, que vai travar o estralho, não o deixando sair.

Vamos agora cortar a linha excedente, pois esta não ficará ali a fazer nada.

Cortem a seguir ao nó, deixando ali 2 ou 3 milímetros.

Temos o nosso nó pronto, agora é só pescar.

Fica aqui mais uma partilha da nossa experiência, um nó muito forte, muito seguro e com provas dadas.

A todos, umas excelentes jornadas de pesca.

Rui e Nuno

 

12 Comentários

  1. Alexandre

    Boa tarde.
    E não é necessário travar do outro lado o estralho para ele nao andar no crossbead? Pois quando se utiliza um destrocedor ele fica fixo.
    Obrigado

    • Olá Alexandre,
      Não há essa necessidade, já que o peso da nossa iscada faz com que isso não aconteça.
      Abraço
      Nuno e Rui

  2. José Santos

    Boa tarde.
    Antes de mais, muito obrigado pela partilha dessas dicas de pesca. Tenho seguido atentamente cada video e sempre à espera do próximo “capitulo”!
    Sou recente no surfcasting e tem sido uma verdadeira paixão!
    Gostava que abordassem mais o tema da escolha de pesqueiro, leitura do mar…
    Grato pela vossa partilha,
    Cumpts e muito boas pescas.

    • Olá José,

      Sobre a leitura do mar, estamos a produzir conteúdos, os quais iremos anunciar em breve. Também o partido que podemos tirar de cada praia, a influência da lua na nossa pesca e outros temas, serão abordados por nós. Pf mantém-te connosco.

      Abraço
      Nuno e Rui

  3. André

    Boa noite,

    Caso pretenda utilizar dois anzóis na mesma montagem que vocês aqui descrevem basta colocar outro crossbead? Distante o suficiente para que os estralhos não se entrelacem, logicamente.
    Outra pergunta, na zona onde pesco (norte) utilizamos por norma dois anzóis, vocês não o fazem devido às condições do mar aí mais a sul ou porque não encontram vantagens em pescar com dois? Ou pescam com dois e eu interpretei mal?

    Obrigado pelo excelente trabalho, é um grande prazer ver os vossos vídeos.

    • Olá André, temos previsto uma vídeo com a montagem noturna que utilizamos. No entanto, aconselhamosque vejas o nosso vídeo com a montagem de surfcasting. Esta é a montagem que pescamos de dia. De noite utilizamos sempre dois anzóis, como podes comprovar nos vídeos de pesca que temos disponíveis. A utilização de dois anzóis, não tem como objectivo apanhar dois peixes ao mesmo tempo, ainda que isso aconteça com muita regularidade, mas sim,ter dois iscos apresentados de maneira bem distinta.
      Muito obrigado pelo feedback.
      Um grande abraço
      Rui e Nuno

  4. peter

    Olá amigos!
    Obrigado por mais um excelente video!
    So uma pergunta na vossa opiniao qual funciona melhor nas jornadas de pesca, a cross bead ou o destorcedor metalico?

    Um abroço e boas pescas!

    • Olá Peter , não aconselhamos a utilização de destorcedor. Nós preferimos os sliders e em alternativa os cross bead. Qualquer dos dois são uma boa escolha. O destorcedor pode “coçar” a linha. Muito obrigado pelo comentário. Um grande abraço, Rui e Nuno

  5. Duarte

    É o se chama Nó de bolinha.

    • Olá Duarte,
      É esse mesmo. Obrigado por teres comentado.
      Abraço
      Nuno e Rui

  6. Sérgio Manuel Alves Guerrinha

    Boa tarde Rui e Nuno

    Gostava que se possível fazer um video sobre os estranho que utilizam a noite e de dia, tipos de linhas se são Fluorocarbono ou Nylon. Qual a espessura dos mesmos.

    Cumprimentos

    Sérgio Guerrinha

    • Olá Sérgio, muito obrigado pela sugestão, de facto temos previsto fazer um vídeo sobre esse tema. Ainda temos muitos temas para abordar. Obrigado pelo comentário. Um abraço
      Rui e Nuno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *