montagem para surfcasting

montagem para surfcasting

Olá surfcasters, hoje iremos mostrar como realizar uma verdadeira montagem para surfcasting, que utilizamos de dia.

Aquilo que hoje estamos a partilhar, é o resultado de largos anos a fazer inúmeras experiências.

Então chegámos a esta conclusão.

Em primeiro lugar dizer-vos, que utilizamos shockleaders cónicos .

Então toda a montagem é feita diretamente no shockleader.

Vamos agora introduzir um slider com o interior de plástico ou cerâmica, pois estes dão-nos a garantia de, mantermos a nossa linha em perfeitas condições.

Pois os de metal irão “coçar-nos” o fio.

De seguida, iremos colocar a manga do clip rápido, só depois iremos colocar o clip na ponta do nosso shockleader.

E para isso vamos fazer um nó muito simples.

Passando a linha por dentro do clip, damos cerca de três a quatro voltas, vamos agora passar por dentro do buraco junto ao clip, e a seguir dentro do buraco a cima.

Agora basta puxar a linha, e o nó irá descer até ao clip, vamos cortar o excedente.

Vamos agora fazer dois stoppers manuais, um por cima do slider e o outro por baixo,

Estes servem para travar o nosso estralho à altura que queremos, pois do slider, irá sair o nosso estralho.

Neste momento estamos prontos para colocarmos a chumbada, dentro do clip.

Puxando a manga para baixo, a chumbada está agora fixa.

montagem para surfcasting

montagem para surfcasting

montagem para surfcasting

Só nos falta o estralho, então qual o indicado?

Pois bem, o nosso estralho tem de ser flourcarbono, pois este é totalmente invisível na água, e isto, de dia, faz toda a diferença.

O seu comprimento deverá rondar 1,5 metros, podemos por vezes ter de encurta-lo, se o mar estiver mais mexido.

Iremos utilizar o mesmo nó do clip, para prender o estralho ao slider.

Colocamos agora o anzol, que seja o mais indicado para o isco que estamos a utilizar e ainda para e espécie alvo.

E não se esqueçam, coloquem um chumbinho fendido a um palmo de distância do anzol, pois este será a garantia de anti-enleio.

Este chumbinho deverá ser de um grama com o mar mais manso, e de dois gramas se o mar estiver maior.

Estamos prontos…. com esta montagem para surfcasting diurno, é só esperar, pois os peixes irão aparecer no nosso anzol.

A todos desejamos umas excelentes pescas.

Com um forte abraço

Rui e Nuno

12 Comentários

  1. francisco fernando m silva matos

    Olá amigos. Mais uma dica feita por vos ,e como não deixa de ser ,muito bem explicada, o que faz sentido este alerta. Tenho duas dúvidas que não consegui perceber bem, percebi que a linha da madre era 0.50 ouvi bem? Não costuma ser 0.28 ? e que ,qualidade de linha esta- vão, a usar ? Já vi diversos vídios vossos e pescam sempre com dois amzois .Quando o estralho é de metro e meio ,qual o comprimento do estralho de cima? e que espessura de linha usam nos estralhos ? isto ,é uma curiosidade,
    ,porque eu sei que muda tudo conforme o pesqueiro que formos pescar.O meu muito obrigada .respeitosos cumprimentos Fernando Matos

    • Olá Francisco, a linha madre é o shockleader, um fio cónico que neste caso começa em 0,22mm até 0.57mm.
      A parte final da linha, onde fazemos as montagens terá mais ou menos 0.50mm. Isto nada tem a ver com a linha que utilizamos atrás desta ponteira, que nesse caso será por exemplo 0.22mm. A montagem em questão, é uma montagem diurna, que nós utilizamos de dia. Os videos que assistiu, foram em pescas noturnas. Só utilizamos dois anzóis à noite. Será uma próxima dica, a montagem noturna. No entanto podemos partilhar contigo, que o estralho de cima será mais curto.
      Muito obrigado pelo comentário, um grande abraço, Rui e Nuno

  2. jose guerreiro

    Boas companheiro,

    qual é o tamanho dos destrocedores , se é o 8 , 10,etc ou se é S , M , L ?

    abraço

    • Olá José, aqui fica a referência dos sliders” Kali Kunnan Ref. 22606″. Estes são largos o suficiente para que possam entrar no nosso shockleader. Um abraço Rui e Nuno

  3. Peter

    Olá amigos!
    Mto obrigado por mais um excelente video, ja aprendi mais alguma coisa.
    Estava a fazer a montagem errada, nem conhecia esse slider…

    Um abraço e boas pescas!

    • Obrigado amigo Peter, pelo teu apoio.
      Ficamos muito satisfeitos em poder partilhar o nosso conhecimento. Um grande abraço Rui e Nuno

  4. Rui Campos

    Caros Nuno e Rui,

    Obrigado por mais uma dica mt bem explicada.
    Relativamente a esse slider não se pode usar, em alternativa, uma crossbead ? Ou vocês não recomendam as crossbeads?

    Obrigado e continuem o excelente trabalho!
    Rui Campos

    P.S. – quando puderem deem umas dicas de como ler o mar e escolher o pesqueiro.

    • Olá Rui, em alternativa podes usar crossbead, também é válido, mas nós preferimos os sliders. Em relação à leitura do mar e escolha de pesqueiros, em breve haverá novidades. Um grande abraço Rui e Nuno

  5. João Caseiro

    Parabéns por este vídeo.
    Dão toda a informação que por vezes os bons pescadores parecem querer esconder. Como montam, porquê, dimensões dos estralhos, etc.
    Pesco só de dia e por tentativa e erro cheguei a uma montagem muito próxima da vossa, apenas uso cross bread e travão silicone (preguiça).
    Queria fazer 2 perguntas: porquê só utilizarem um estralho de dia e não os 2 como à noite? Pesco com 2, por vezes 3, e não é raro virem 2 peixes.
    A questão do brilhar da chumbada, acham que, de facto, faz diferença? Se sim qual a coisa menos trabalhosa que posso fazer para o evitar? Pintar (que trabalheira)?

    • Olá João, antes de mais, muito obrigado pelo feedback.
      De dia apenas utilizamos um anzol, porque normalmente, pescamos com estralhos bem maiores, e assim teremos muito mais naturalidade na apresentação do nosso isco ao peixe, e isto de dia, poderá fazer toda a diferença, pelo menos em espécies mais desconfiadas e em exemplares de maior tamanho. Em relação às chumbadas, faz o seguinte: se pescares de dia com o aguas muito abertas, tenta camuflar a chumbada. Podes por exemplo utilizar a própria areia da praia, em teu beneficio. Basta utilizares um pouco de super cola, e a areia ficará colada, e ao mesmo tempo irás utilizar o mimetismo, que será muito importante. Assim de uma forma (menos trabalhosa) terás o trabalho feito.
      Um forte abraço para ti e umas excelentes pescas
      Rui e Nuno

  6. Luis almeida

    Olá, obrigado pela dica.

    Será que posso usar este destorcedor em vez do slider?
    VEGA DESTORCEDOR POTENZA 7035

    Obrigado

    • Olá Luís, poder tu podes, nós não aconselhamos.
      Para nós, deves apenas utilizar slider ou crossbead. Muito obrigado pelo comentário. Um grande abraço Rui e Nuno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *