Lixo na praia

Olá companheiros,

A verdade é que este será certamente o tema mais triste que iremos abordar, relativamente à pesca, desde que iniciámos este projeto com o amigo Manuel Monteiro.

Lixo na praia.

O tema é lixo na praia, nos dias de hoje com tanta informação… como é possível?!

No dia que realizámos este vídeo, era dia de fazermos uma jornada de surfcasting.

Assim que chegámos à praia, deparámo-nos com um monte de lixo na areia.

Assim que vimos aquilo, chegamos mais perto, e verificámos que era lixo deixado por pescadores, ainda ficámos mais tristes…

Neste monte de lixo havia caixas de isco, linhas de pesca, estas até poderiam ter os anzóis, que perigo que isto representa.

Olhámos um para o outro, como se de telepatia se trata-se, ficámos logo com a mesma sensação.

Lixo na praia
Lixo na praia

Uma vergonha

Vamos realizar um vídeo sobre este tema, de facto é a nossa obrigação, pois devemos dar o exemplo a quem acompanha o nosso trabalho.

Tínhamos uma história muito má para contar, que de facto aconteceu.

Um belo dia fui fazer uma jornada às grandes Douradas, cheguei bem cedo, montadas as canas, isco para a água.

Entretanto amanheceu, deslocado dos sacos, por causa da maré, começo a ouvir, são uns porcos… seus porcos…

Olho para trás, percebo que estão ao pá do meu saco de pesca, dirijo-me ao casal, e percebo que estão a falar para mim.

Olho para o chão, e percebo logo o que foi, pois á volta do meu saco era lixo por todo o lado.

Fiquei muito triste e envergonhado, e disse-lhes: têm toda a razão, mas não fui eu que fiz tal coisa.

Depressa perceberam que realmente não fui eu, mas nem por isso deixei de apanhar o lixo.

Que esta história sirva para TODOS, e que nunca mais se repita.

Pois devemos preservar o melhor que a natureza nos dá, pois é esta maravilhosa natureza, que nos proporciona o surfcasting.

Se gostaste deste artigo e queres aprender técnicas de lançamento e como ler o mar e escolher o pesqueiro e muito mais, inscreve-te no nosso curso de surfcasting clicando aqui. (página de inscrição) 

Para saberes mais sobre o nosso curso clica aqui

Um grande abraço para todos, Rui e Nuno

6 Comentários

  1. É realmente incrível como isso ainda acontece nos dias de hoje.
    Muito obrigado por ajudarem a limpar as nossas praias e a imagem dos pescadores.
    Abraço MM

  2. Nuno Martins

    Boa noite Rui e Nuno estou de acordo eu faço o mesmo ,um abraço

  3. António ferreira

    Boas companheiros infelizmente ė o que mais se vê servirem-se da natureza e depois maltratam-na será que fazem a mesma coisa em casa deixando lixo no chão?
    Boa continuação
    Abraço
    A.F

    • Pois é amigo António, era bom saber se o comportamento dessas pessoas, é igual em suas casas. .. Resta nos dar o exemplo, para que TODOS o sigam. Um grande abraço Rui e Nuno

  4. José Pombal

    Bom dia Sr Nuno e Sr Manuel Monteiro: muito oportuno este vídeo. De facto não há desculpas para deixar lixo seja onde for. Só posso acreditar que tenha sido esquecimento pq o lixo estava todo junto. Se não o quisessem levar tinham-no largado a esmo pela praia. Mas nem tudo é mau e tenho uma história verídica de lixo na pesca que vos quero contar: Há já bastantes anos, o meu falecido Pai, Augusto Lopes do Pombal e um meu primo, Armando Teixeira Pombal, foram pescar na Pateira de Fermentelos e no final juntaram o lixo e trouxeram-no embora como era seu hábito. A manobra não passou despercebida a um jornalista de um jornal local, de Estarreja salvo erro, que veio ter com eles e lhes disse que estava a fazer uma reportagem sobre as pessoas, pescadores incluídos, que deixavam lixo na pateira. E que tinha afinal resolvido alterar o tema para aqueles que NÃO deixavam lixo. E lá saiu uma foto do meu Pai e o meu primo com o lixo na mão, no número seguinte do jornal. Troféu que o meu Pai exibia com orgulho enquanto foi vivo. Abraço a todos. José Pombal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *