Pesca com Manuel Monteiro

Linhas para atar isco!

Manuel Monteiro
Escrito por Manuel Monteiro
Junta-te a mais de 30.000 companheiros

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Olá pescador, hoje vamos falar de elásticos e linha dissolvente!

Como sabes existem iscos que são realmente difíceis de se iscar.
Assim como também existem os que são difíceis de se “aguentar” no anzol.
Ou seja, até se iscam facilmente, mas no lançamento, ou mesmo dentro de agua, acabam por se soltar do anzol.
Para ajudar a resolver esse problema, temos os elásticos, dos quais já falaremos.
No entanto a dica principal deste artigo é sobre a linha dissolvente!

Antigamente os pescadores tinham de “roubar” as meias de licra das “Marias”, para arrancar pequenos fios, muito finos, que eram usados para atar os iscos ao anzol.
Além de ser uma tarefa perigosa (por causa das Marias) era muito difícil de atar bem, sem cortar os iscos.
Felizmente apareceram os elásticos para atar iscos.

Existe elástico mais fino, indicado para iscas mais discretas e frágeis, como a teagem, a minhoca do limo ou mesmo os lombinhos de sardinha por exemplo.
Existe o mais grosso, para iscadas maiores, como sardinhas inteiras, chocos, polvo etc etc.

Até temos elástico em vermelho, para usar em iscas mais escuras.

Linha dissolvente..

Contudo, os elásticos para atar iscos têm um pequeno problema.

Quando o pescador opta por usar iscos como a teagem, a minhoca coreana, ou a minhoca do limo, por exemplo, está a optar por iscos que fazem movimentos dentro de agua.
O que os torna muito atrativos para os peixes.
No entanto, ao os apertar no anzol, com os elásticos, os iscos perdem todo o movimento e com ele a sua grande mais valia.

Todavia, há uma solução, chama-se: Linha dissolvente.

Linha dissolvente.

Esta linha, assim como o elástico, ajuda a manter o isco no anzol.
(Embora seja mais difícil da aplicar, devido á falta de elasticidade.)

No entanto, ao entrar em contacto com a agua, ela lentamente, começa a se dissolver.
O que vai permitir que o isco se solte, e volte a ter o movimento que o peixe tanto aprecia.
Agora cuidado: Não faças como eu, que tenho o habito de ter o elástico em sima de uma pedra enquanto pesco e num dia de chuva miudinha, fiz o mesmo com a linha dissolvente.
Dá para imaginar como ficou.

Abraço MM

Olá Companheiro,

o que achas-te deste conteúdo? Diz nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

2 Replies to “Linhas para atar isco!”

José Costa

Boas, sr. Manuel. Já conhecia e costumo utilizar em pesca de praia. De volta e meia abro o mexilhão, não retiro o miolo da casca, isco no anzol, acrescento mais um miolo ou dois, fecho a casca e ato com o fio dissolvente. Depois, quando lanço sinto a segurança de saber que a iscada não vai saltar ou danificar-se. É fixe. Um grande abraço, parabéns pelos seus vídeos e obrigado pela partilha de conhecimento.

Manuel Monteiro

Boas José

Muito obrigado pelo seu comentário.
Olha, mais um excelente exemplo de como a linha dissolvente pode ser útil.
Obrigado.

Abraço MM

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Junta-te a mais de 30.000 companheiros

 Os 6 Erros Que Te Estão Impedindo De Apanhar Peixe
Baixar e-Book
e-Book Grátis
fechar
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.