Elástico

Olá amigos pescadores, hoje escrevemos sobre a importância  que um simples fio elástico tem na consistência do nosso isco.

Pensamos, que a todos nós, já nos aconteceu.

Iscarmos com todos os cuidados e após o lançamento violento, o isco muitas vezes se rasga ou simplesmente salta do nosso anzol.

E isto acontece mais ainda no surfcasting, pois será certamente a modalidade de pesca em que o lançamento é mais potente.

A inércia é tão grande, aquando o lançamento, que este sofre um forte impacto.

Daqui nasceu a necessidade de criar algo que nos ajuda-se a manter o nosso isco no anzol, após o lançamento, até este chegar ao peixe.

Há muitos anos, usávamos meias de vidro de senhora, pois estas eram muito finas, elásticas e transparentes, ou seja, perfeito…

E de facto funcionava na perfeição, rasgava-se as meias para se ficar com finas “linhas”, e eram estas que fariam o serviço.

No entanto, tudo mudou, apareceram os famosos elásticos.

Que maravilha, pois eram baratos, ou seja, muito mais práticos e francamente duradouros.

Desde então nunca mais quisemos “roubar as meias de vidro às nossas mães”.

Depressa tornamos-nos fãs, do rolinho elástico.

Elástico   

Hoje em dia, nós não prescindimos da utilização do elástico em todos os iscos.

Como sabem, temos a preferência de canas duras tubulares, e estas, têm a desvantagem de destruírem muito mais o isco, face às hibridas.

A juntar a tudo isto, utilizamos maioritariamente minhocas como isco, e estas, são realmente um isco muito frágil.

Depois de terem o isco no anzol, basta irem rodando à volta do mesmo, de uma ponta à outra.

Não devemos exercer muita força, pois assim, garantimos que o elástico não corta o isco.

Apenas o apertamos um pouco, dando-lhe assim consistência.

Quando comprarem o elástico, escolham um que seja muito fino e resistente.

Um grande abraço

NR surfcasting.

 

2 Comentários

  1. Alexandre Pereira

    Boa dica!

    Para alguns iscos, como o lingueirão, penso que é melhor passar o elástico também à volta da agulha de iscar e só depois de o isco estar devidamente acomodado é que se retira a agulha. Fica a sugestão!

    Abraço.

    • Olá Alexandre, sim é verdade, em alguns iscos é bem mais fácil de os atar primeiro na agulha. Muito obrigado pelo comentário, um forte abraço. NR surfcasting

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *