Spinning

Como usar o Drag no Spinning

Nelson e Claudio
Escrito por Nelson e Claudio
Junta-te a mais de 30.000 companheiros

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Neste artigo quero vos explicar como usar o Drag do nosso carreto quando estamos a pescar ao Spinning.

Tem havido muitos pescadores a colocar-me esta pergunta, ó Cláudio como é que tens o Drag do teu carreto, apertado ou mais largo?

Não venho aqui explicar as caraterísticas do drag, se é de 5 kg, 8 ou 15 kg, venho sim explicar como o uso.

Zonas de Rocha/Difíceis

Eu não gosto de ter o drag muito largo, principalmente em zonas difíceis, como é por exemplo pescar em zona de rocha.

Onde normalmente temos muitos perigos à nossa frente, quando engatamos um robalo, se o drag do carreto estiver largo, o peixe vai levar fio com facilidade.

Ao levar fio, o peixe vai para onde quer e não é isso que se pretende.

Temos de ser nós a mandar no peixe e encaminha-lho para o melhor local, de forma a retira-lo sem perigo.

Porque ao sermos nós a controlar o peixe, vamos evitar que este entre nalgum buraco ou contorne alguma rocha.

Aumentando muito a probabilidade de partir o fio e perder o peixe, que é sempre muito desagradável.

Para terem uma ideia do aperto do drag do meu carreto, um robalo até cerca de 2 kg, não me leva fio do carreto.

Só peixes maiores o conseguem fazer, mas repito, em zonas difíceis, zonas com rocha.

Zonas de praia/areia

Nas zonas de praia onde o fundo é todo areia, aqui a história muda um pouco, o drag do nosso carreto pode já estar um pouco mais largo.

Porque nestas zonas não existe o perigo dos robalos levarem fio, já que aqui o fundo do mar é todo igual e não existe perigo da linha partir.

Contudo temos de ter muita atenção nestas zonas, onde o maior perigo de poder perder um peixe é na ondulação.

Quando já estamos a retirar o peixe para a areia, se o peixe não ficar a seco a força da onde pode levar o peixe para o mar novamente e aqui muito cuidado.

Assim o drag ao estar mais aberto pode evitar essa força excessiva da ondulação a recuar e decerto que nos pode valer aos peixes.

Em género de conclusão, em zonas mais difíceis o drag do carreto deve estar mais apertado e zonas fáceis, drag mais largo.

Espero que tenham gostado, se acaso queiram ver mais dicas é só seguir as nossas publicações aqui , no nosso face ou youtube.

Caso pretendam uma informação completa e muito mais detalhada, podem ver o nosso curso de Spinning.

Cumprimentos,

Cláudio Franco e Nelson Antunes

Olá Companheiro,

o que achas-te deste conteúdo? Diz nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Junta-te a mais de 30.000 companheiros

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.