Jornada rápida com douradas à chumbadinha

Boas pescador

Neste artigo, quero te relatar esta pequena pescaria.
Foi uma pescaria muito rápida, mas que deu para me divertir muito e tirar umas boas lições.
Como tinha pouco tempo para pescar, nem montei a cana de bóia.
Técnica que me dá mais gozo pescar “quando é possível” pois há pesqueiros onde a chumbadinha funciona melhor.
Mas aqui não foi o caso.
Optei por pescar á chumbadinha , por ser uma técnica muito rápida e eficaz.
Principalmente quando quero explorar um pesqueiro que não conheço bem.

Assim que chego ao pesqueiro, escolho uma feição virada a Norte para começar a “sondar.”
Faço uma iscada com metade de um caranguejo e coloco-a logo ali num cantinho.
Imediatamente sinto o peixe picar, mas um picar muito pouco confiante.
Contudo, lá o consegui ferrar e tirar o primeiro sargo do dia.
Entretanto faço mais uns lançamentos em que sentia muito peixe, mas difícil de ferrar.

Douradas à chumbadinha

Entretanto tiro mais dois sargos e decido que tenho de mudar de pesqueiro.
Pois naquele local as condições do mar estavam a favorecer muito o peixe e pouco o pescador.
Quando chego ao novo local, volto a fazer uma iscada com caranguejo.
Lanço o isco para junto de uma pedra que me pareceu promissora e passado muito pouco tempo, sinto um pequeno toque, seguido de um grande arranque.

Imediatamente, levanto a cana para lutar com o peixe que puxa com muita força e acaba por se desferrar.
Eu vi logo que aquilo só podia ser coisa de uma Dourada.
Ainda insisti no mesmo local, bastante tempo a ver se ferrava alguma “ruiva” mas ali não tirei mais peixe nenhum.
Voltei a mudar o local da pesca e ai sim, tinha as condições a meu favor.
Ainda consegui pescar duas Douradas, mas o tempo já tinha passado e a pescaria teve de terminar ali.

Se gostaste deste artigo e queres aprender como ler o mar, como escolher um pesqueiro, saber o que é uma feição e porquê que esta é muito importante, e muito mais, inscreve-te no nosso curso de segredos de pesca clicando aqui. (página de inscrição)

Para saberes mais sobre o nosso curso clica aqui


Abraço MM

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: https://segredosdepesca.com/oferta

    2 Comentários

    1. António Pacheco Costa

      Olá MM, uma dica se possível… como é que decides se deves
      pescar á bóia ou chumbadinha?
      Obrigado

      • Boas António

        O tipo de pesqueiro é que manda se é melhor pescar á bóia ou chumbadinha.
        E o tipo de montagem que funciona melhor.
        No meu curso tenho vários vídeos a explicar esses pormenores.
        A escrever não é possível.

        Abraço MM

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *