DICA PARA EMPATAR ANZÓIS

DICA PARA EMPATAR ANZÓIS

Olá pescador, cá estamos nós mais uma vez para mais uma dica. Hoje é: Como empatar um anzol deixando a ponta cortada a sair para a parte de cima.

Existem muitas maneiras de se empatar um anzol. Mas gosto desta em particular embora não seja das mais fáceis de serem executadas. Não é nada que com um pouco de pratica não se faça, e todo o pescador gosta de fazer este tipo de trabalhos.

Muitas vezes é naqueles dias de temporal em que não conseguimos ir à pesca, passamos o nosso tempo a empatar anzóis e a preparar a tralha para a primeira oportunidade.
DICA PARA EMPATAR ANZÓIS

A primeira grande vantagem que eu vejo neste tipo de empate de anzol, é a ausência daquela ponta de linha. Aquela ponta a sair para o lado da curva do anzol. Pois ao colocar o isco no mesmo, quando queremos que ele passe para a linha, inevitavelmente acaba sempre por “encalhar” naquela ponta de linha e danificando a iscada.

Esta situação é sempre bem mais notória quando iscamos anelídeos. Alguns dos quais bem finos como a minhoca do limo ou da lama ou mesmo o ganso coreano. É realmente chato, e como neste tipo de empate isso não acontece é bem mais fácil de os fazer passar.

 

 

Vantagem: Dica para empatar anzóis

DICA PARA EMPATAR ANZÓIS

Outra grande vantagem é que a ponta de linha no lugar de ficar em baixo. (Como é mais usual). Vai passar a ficar no lado de cima do anzol, mas aqui alem de não estorvar a passagem dos iscos ainda tem a grande vantagem de os ajudar a fixar. Ela vai funcionar como se fosse uma barbela, segurando a isca no anzol. Naqueles dias por exemplo numa pesca de barco em que os peixes conseguem nos limpar os anzóis e nós nem sentimos nada, e ainda vai ajudar a segurar o camarão.

Mesmo numa pesca de praia, quando queremos puxar um pouco mais nos lançamentos. A tendência da isca é com o impacto escorregar para a curva do anzol. Com este tipo de empate de anzol já não acontece tanto, pois temos lá a tal ponta de linha a segurar a isca.
Abraços MM.

Guardar

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: https://segredosdepesca.com/oferta

    12 Comentários

    1. Marco Cancela

      Boas Manel!
      E se estivermos a empatar o anzol directamente na madre? Tendo só uma ponta há maneira de empatar o anzol e chegar a esse mesmo resultado?

    2. Júlio Gaspar

      Esse nó tem algum nome específico?
      Abraço!

    3. Joel fernandes

      Muito bom, inicie-me no surfcasting a pouco tempo e sempre gostei mais dos anzóis de patilha mas é difícil iscar casulo então optei por usar anzóis de argola, mas com esta técnica vou voltar aos de patilha. obrigado manuel

    4. Renato Silva

      Boas Manuel .
      Acho a ideia muito boa mas a minha duvida é … Com linhas mais finas o passar da linha toda por dentro do nó não vai fazer com que a linha fique meio circular ou melhor que possa perder a forma natural da linha?
      E obrigado por todas essas dicas que continues com o trabalho que vens fazendo.
      Abraço aqui da ilha da madeira
      Renato silva

      • Boas amigo Renato
        Pode empatar assim tranquilo que a linha não ai perder mais resistência do que em outros empates.
        Abraço MM

    5. Fernando dias moço

      Obrigado por todas essas dicas que continues com o trabalho que vens fazendo. Já pesco á cinquenta anos e não conhecia esse empate de anzóis, mais uma que aprendi que dá muito jeito. Um abraço

    6. Rafael Mendes

      Este dá para aplicar no de argola?

      • Boas Rafael.
        Sim pode fazer precisamente a mesma coisa com um anzol de argola.
        Abraço MM

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *