Cuidado com a patilha do anzol

Esta é mais uma daquelas dicas que parece uma coisa muito simples mas vai fazer toda a diferença na nossa pescaria.

Quando estamos a empatar o anzol de patilha temos que ter o cuidado de ao apertar o nó na haste manter a linha do empate a sair para a parte de dentro do anzol a sair na direcção da abertura assim como podemos observar na seguinte figura.

IMG_20160605_184110
Anzol empatado com a linha a sair na direcção correcta

O que acontece muito regularmente é que o pescador empata o anzol correctamente, mas durante a luta com o peixe a linha corre para o lado contrario da haste, se não tivermos o cuidado de corrigir o empate teremos
muitas desvantagens a pescar com o anzol assim.

IMG_20160605_184321
Anzol empatado com a linha a sair na direcção incorrecta.

3 Desvantagens da linha mal colocada

Ao pescar com a linha mal colocada no anzol teremos muitas desvantagem tais como

1.ª

Vamos falhar muito mais ferragens pois no primeiro contacto da ponta do anzol com a boca do peixe a sua tendência naturalmente vai ser de rodar no sentido contrario ao da ferragem.

2.ª

O peixe consegue se desferrar mais facilmente pois a tracção da linha na haste do anzol, ao puxar por o lado de fora da abertura vai facilitar a desferragem do mesmo.

3.ª

Vamos ter mais peixes a partir a linha

A patilha do anzol tem uma pequena inclinação no sentido contrário ao da abertura do mesmo essa inclinação serve para manter a patilha afastada da linha durante a luta com o peixe logo, se a linha estiver a sair no lado de fora do anzol a inclinação da patinha vai fazer com que ela se torne numa autentica lâmina para a linha de pesca.

Soluções

Uma solução para este problema é usar anzóis de olhal, neste aspecto são mais seguros.
Outra é fazer como eu, em cada peixe que tiram, terem sempre o cuidado de rectificar o empate se conseguir voltar a por a linha na posição correcta sem a ferir, tudo bem senão corto a linha junto a haste do anzol e volto a fazer o empate de novo.

Se gostaste deste artigo e queres aprender como ler o mar, como escolher um pesqueiro, saber o que é uma feição e porquê que esta é muito importante, e muito mais, inscreve-te no nosso curso de segredos de pesca clicando aqui. (página de inscrição)

Para saberes mais sobre o nosso curso clica aqui

Abraço MM

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: https://segredosdepesca.com/oferta

    8 Comentários

    1. Paulo Fernandes

      Mais uma excelente dica!

      O local é tb um paraíso, bem oxigenado.
      Conta lá onde isso é, que montagem usas com o carangejo? fico agradecido!

      Abraço, Paulo

      • Olá Paulo ainda bem que gostou
        O local é nas Berlengas
        a montagem é ao pião com um estralho com 7m de 0.20 fluorocarbon com uma oliva de 2g em cima
        do anzol

    2. Francisco Santos

      Boa dica Manuel
      Nunca me tinha apercebido desse pormenor.
      E caso sejam usados anzois de argola? Tem alguma dica também?
      Abraço
      Francisco Santos

    3. Pedro Miranda

      Bom dia Manuel,

      Bom video, mais uma vez muito ilucidativo.

      Fica aqui a sugestão para um video sobre os vários tipos de anzois (Aberdeen, Octopus, Circular, …) , as mais correctas (surfcasting, embarcado, chumbadinha,…) suas utilizações e qualquer vantagen e desvantagem de cada tipo de anzol.

      Obrigado,
      Miranda

      • Olá amigo Pedro
        Agradeço muito a sua sugestão, é muito boa.
        Assim que possível farei esse vídeo.
        Abraço MM

    4. Alfredo Resende

      Tudo bem por ai por esse Portugal?

      Tambem gostaria de saber sobre diferente tipos de anzois e suas aplicacoes

      Alfredo Resende

      • Bom dia amigo Alfredo
        Muito obrigado pela ideia.
        Será mais um video para a lista.

        Abraço MM

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *