Pesca

Como passei de não conseguir apanhar um sargo, a ter de parar de pescar devido ao peso a mais.

Manuel Monteiro
Escrito por Manuel Monteiro
Junta-te a mais de 20.000 companheiros

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Como pescar sempre peixe.

Olá pescador

Estava eu á pesca sozinho, todo entretido com os sargos.

E estava sempre a me adaptar ao que eles e o mar me vão “pedindo”
Parece quase como uma dança, vamos sentido e reagindo.

Quando dou por mim, a alcofa já começa a ficar pesada, e penso cá para mim: Só vou pescar mais cinco sargos e vou-me embora.

Hoje, essa “dança com os sargos” é o que mais prazer me dá na pesca.
Mas deparei comigo a pensar…
Tu lembras-te do que sofreste para pescar o primeiro sargo de quilo?


Nem sempre foi assim tão fácil.
Antes pelo contrário, foi extremamente difícil.

Perceber onde deveria de pescar, como deveria pescar e porquê.

Eu bem que ouvia a malta a falar nas lojas de pesca, que aqui e ali é que era bom para os sargos, mas eu ia lá ao amanhecer, com a maré cheia, eu fazia tudo o que ouvia dizer que se deve de fazer, mas nunca apanhava nada de jeito.
Nem com os tais de Ralos que os algarvios diziam ser sargos na certa.

Quando tudo mudou!!!

Tudo mudou quando conheci um pescador profissional de Sagres, que se disponibilizou a me ensinar tudo o que sabia sobre pesca aos sargos.

Com ele eu comecei a perceber as primeiras bases da pesca, que em nada tinham a ver com o que até então lia nas revistas ou ouvia falar nas lojas de pesca.
Com ele aprendi que estar a pescar a um ou dois metros mais para a esquerda ou para a direita faz toda a diferença.
Que antes de começar a pescar já temos de ter uma estratégia montada.
Ali com o Nelson, comecei a aprender as bases para pescar ao pião e a pescar em pesqueiros muito fundos.

Mas quando chegava á zona de Lisboa onde moro e ia para aplicar as mesmas técnicas, elas não resultavam.
Pois a morfologia dos pesqueiros é completamente diferente.


Mas não parei de estudar e de tentar perceber as coisas.

Entretanto vi um anuncio numa revista de pesca, de um pescador de Sintra que dava um curso de pesca á bóia.
Sem hesitar contactei-o para participar nesse curso.
O que foi muito bom para compreender melhor como pescar em pesqueiros mais rasos com bóias finas tipo caneta.
Assim como aprender mais sobre as movimentações das areias e a sua influencia na pesca.

Os anos foram passando e eu sempre a praticar pelo menos uma vez por semana.
Entretanto a minha paixão pela pesca, levou-me a abrir uma loja da especialidade.
Através da loja tive oportunidade de conhecer e de pescar com excelentes pescadores.
Não muitos, em mais de dez anos de balcão, acho que se contam pelos dedos de uma mão, os pescadores que sabiam pescar.

Entretanto eu já tinha muita experiência e já conseguia pescar regularmente grandes quantidades de peixe.
Muitas vezes pescava mais peso do que o que conseguia carregar, só para satisfazer o meu ego de pescador (talvez como forma de compensar o tanto que me tinha custado a conseguir fazer as primeiras boas pescarias).
E também por ser jovem e vaidoso.

Descobri o método.

Em fim eu já conseguia fazer grandes pescarias.
Mas não era sempre, ainda tinha muitos dias de pescar poucos ao nenhum peixe.
Mas o pior é que nem eu, nem esses “grandes pescadores” que conhecia me conseguiam explicar o porquê.
Foi nessa altura que já não tinha a necessidade de provar a mim próprio de que conseguia fazer grandes pescarias, que me dediquei totalmente a testar na pratica, as várias teorias que tinha aprendido ao longo dos anos com pescadores de diferentes zonas do país.
Percebi que cada um deles, sabia pescar na sua “zona de conforto” uns sabiam pescar com o mar muito grande, outros só sabiam pescar em pesqueiros rasos, uns eram especialistas a pescar á chumbadinha, outros ao pião (mas não sabiam o porquê das coisas).
Foi a partir de essa altura que passei a ir para a pesca dias inteiros, não com a intenção de fazer grandes pescarias, mas sim de testar as mais diversas teorias que tinha vindo a desenvolver ao longo dos anos.


Foram muitos e muitos dias em que podia fazer grandes pescarias, mas que optei por fazer testes e experiências para comprovar o que resultava ou não.

Percebi perfeitamente o comportamento dos peixes nas mais diversas situações e como eles se comportam de maneiras totalmente diferentes em pesqueiros diferentes, ou em condições de mar distintas.
Com isso consegui montar um método, que é como uma receita para uma boa pescaria.
É um passo a passo de todas as variantes que têm de ser reunidas para que seja possível, fazer uma boa pesca.
Agora sim, agora sei quando posso fazer boas pescarias, e o mais importante, se não as fizer, também sei o porquê.
E ai já é uma opção minha, ir ou não ir á pesca nesses dias em que não é possível reunir todos os ingredientes.

Actualmente dedico-me a ajudar os pescadores que querem obter bons resultados nas suas pescarias.

Se gostaste deste artigo e queres aprender como ler o mar, como escolher um pesqueiro, saber o que é uma feição e porquê que esta é muito importante, e muito mais, inscreve-te no nosso curso de segredos de pesca clicando aqui. (página de inscrição)

Para saberes mais sobre o nosso curso clica aqui

Abraço MM

Olá Companheiro,

o que achas-te deste conteúdo? Diz nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 Replies to “Como passei de não conseguir apanhar um sargo, a ter de parar de pescar devido ao peso a mais.”

Carlos Ferreira

Obrigado amigo Manel embora com muitos anos de pesca que tenho não sabia muito de pesca tenho aprendido muito contigo obrigado continua assim um abraço

Manuel Monteiro

Boas Carlos

Muito obrigado pelo seu feedback

Abraço MM

Entra na nossa lista e recebe conteúdos exclusivos e com prioridade

Junta-te a mais de 20.000 companheiros

Antes 7,99€, Agora Grátis Por Tempo Limitado

Descobre Os 6 Erros Que Tu Estás a Fazer Neste Momento Que Estão Impedindo-te De Apanhares Peixe!
Coloca o teu email no formulário abaixo e recebe gratuitamente este eBook
Baixar Agora!
Os teus dados estão seguros.
close-link
 Os 6 Erros Que Te Estão Impedindo De Apanhar Peixe
Baixar e-Book
e-Book Grátis
close-image
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.