Cada ralo, cada sargo.

Cada ralo, cada sargo.

Olá companheiro.
Á muitos anos, quando comecei a aprender a pescar aos sargos, com os pescadores de Sagres.

O isco que usávamos era praticamente sempre o mesmo…Ralos.
E foi lá que ouvi pela primeira vez um pescador dizer que “cada ralo, cada sargo”

Bem, é claro que não é bem assim.
É uma brincadeira e ao mesmo tempo uma maneira de dizer que é um isco irresistível para os nossos amigos sargos.
E tremendamente efectivo.

O Ralo é um isco muito comum na costa Algarvia.
Por essa razão é relativamente fácil de o encontrar á venda e por um preço aceitável.
Mas agora que estou em Lisboa já não é assim tão simples.
Contudo, ainda assim, de vez em quando, ainda é o isco com que pesco.

O fornecedor de isco da minha loja de pesca MARESIA, ás quartas feiras vai fazer a volta para o Algarve.
Portanto se eu lhe pedir antecipadamente, ele faz-me o favor de os trazer para cima, na quinta feira.

Cada ralo, cada sargo.

Entretanto, quando em conversa, com um amigo ou cliente, digo que vou pescar com ralos.
A pergunta que me fazem imediatamente é:
“Mas vais pescar com ralos em Lisboa???”

Por não ser um isco comum,os pescadores têm tendência em achar que os peixes cá de cima não pegam no ralo.
As vezes em tom de brincadeira pergunto se sabem de onde vem o “ganso coreano” que acabaram de comprar.

Portanto, fiz esta pequena brincadeira, antes de começar a minha jornada de pesca.
Contudo o primeiro ralo, acabou por não ser traduzir em um sargo, pois ele desferrou-se, quando o tentei levantar.
Mas acima de tudo, o importante é perceber o que se está a fazer, e como se deve de pescar.
O ralo é sim um excelente isco para os sargos, mas não é o mais importante.
Neste artigo podes saber a minha opinião sobre qual o melhor isco para os sargos.

Abraço MM

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: https://segredosdepesca.com/oferta

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *