Baixadas

Olá amigos do surfcasting, hoje partilhamos convosco a nossa opinião sobre as baixadas no surfcasting, será que as usamos?

Na verdade, uma baixada de surfcasting é uma linha com um diâmetro grosso, por exemplo 0,40mm.

Esta linha de nylon, tem os cross beads incluídos, para colocarmos os nossos estralhos com os respetivos anzois.

Estes podem ter um, dois ou três cross beads, para colocarmos até três anzois, o máximo permitido por lei.

Têm diferentes distancias, para que possamos pescar com diferentes estralhos, ou seja, para diferentes espécies.

A baixada, tem um destorcedor na sua extremidade para que possa engatar no clip que vem do nosso shockleader.

A verdade é que a baixada é muito utilizada em competição, para que possam trocar as montagens muito rapidamente.

Para isto basta apenas, retirar o destorcedor do clip, e colocar agora a nova montagem pretendida.

Mas sinceramente, para nós que não fazemos competição, não identificamos qualquer vantagem, pelo contrário.

Baixadas

Baixadas

Reparem, ao utilizar baixadas, temos que utilizar na mesma um shockleader, ou seja, muitos mais metros de linha grossa.

E alguma da parte mais grossa irá estar dentro do carreto, ou seja, mais atrito, logo menos metros no lançamento.

Depois teremos que ter várias montagens preparadas para todas as situações de pesca.

E ainda, quando há limo no mar, este irá agarrar no união da baixada com o shockleader.

O shockleader

Por tudo isto, não utilizamos as baixadas, mas sim, fazemos todas as nossas montagens diretamente no shockleader.

Pois este tem espessura suficiente para aguentar muito bem qualquer tipo de montagem.

Chegamos à pesca e basta colocarmos a chumbada no clip e pôr os anzois nos cross beads.

Para alterarmos as montagens, basta subir ou descer os estralhos, é só puxar.

Pois estes estão seguros, pelos nossos stoppers manuais.

Achamos que a pesca deve ser simples, e é assim que temos sucesso.

Um forte abraço

NR surfcasting

 

 

 

 

2 Comentários

  1. paulo carvalho

    Bom dia malta!
    Mais uma bela dica, sem dúvida!
    Como sempre fui adepto da “descomplicação”, gostei e vou experimentar logo que possível.
    Fica-me apenas uma pequena dúvida:
    Prende-se ao facto de haver (ou não), dificuldade em passar o destorcedor (onde vai prender o meu estralho), pelo ultimo passador da cana. Claro que aí teremos de usar um destorcedor mais pequeno…
    Obrigado!
    Cumprimentos a todos.
    Paulo C

    • Olá Paulo, nós utilizamos sliders pequenos onde colocamos os estralhos, e estes passam nos passadores mais pequenos.
      Para visualizares TUDO ao promenor, aconselhamos que vejas o nosso vídeo aqui no blog, montagem de surfcasting.
      Aqui poderás ver como fazemos.
      Muito obrigado pelo feedback.
      Um forte abraço NR surfcasting

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *