Anzol para surfcasting

Anzol para surfcasting.

Olá amigo pescador, hoje vamos falar das características do anzol para surfcasting.

Como todos sabemos, existe um sem número de anzóis no mercado.

De muitos e variados feitios, de vários tamanhos e várias marcas.

Durante largos anos de pesca, fomos tirando inúmeras conclusões, que hoje iremos partilhar contigo.

Primeiro, partilhar contigo, os anzóis que usamos na nossa pesca ” surfcasting “.

Utilizamos dois tipos de anzóis, os de patilha e os de argola.

Os de argola, utilizamos em iscos mais finos, os de patilha, utilizamos em iscos mais grossos.

Podemos também partilhar contigo as marcas que nós usamos.

Os de argola, Yuki e Gamakatsu , os primeiros, bem mais finos, em relação aos segundos.

Os de patilha, Tsunami, Sasame e Hayabusa, todos eles com excelentes ferras, mas com algumas diferenças.

Sendo o Tsunami o mais resistente, o Sasame o que melhor ferra e o Hayabusa o mais equilibrado, entre a ferra e a resistência.

Anzol para surfcasting

Anzol para surfcasting

Anzol para surfcasting

Anzol para surfcasting

      Anzol para surfcasting

Todos eles são excelentes anzóis, mas todos têm as suas diferenças.

Então como e quando, os devemos utilizar?

Muito bem, a resposta é muito simples.

Temos de nos adaptar às circunstâncias do mar, ou seja, saber interpretar o mar, é a resposta certa.

E quais as diferenças na interpretação do mar que devemos ter em conta?

Normalmente, quando o mar é maior, o peixe alimenta-se com maior confiança.

Quando o mar é mais manso, o peixe alimenta-se com maior desconfiança.

Então devemos utilizar os anzóis mais finos, quando o mar é mais manso, e os mais grossos, quando o mar é maior.

Devemos ter em atenção, que por vezes estamos em busca de grandes peixes por exemplo as grandes Douradas, com o mar manso.

Então neste caso, temos de utilizar o tal anzol equilibrado, porque o mais fino, será fraco e o mais grosso, terá mais dificuldades em ferrar este peixe tão desconfiado.

Ainda temos de ter em atenção, as espécies que pretendemos capturar.

Robalos, anzol maior, pois a sua boca é grande.

Sargos e Douradas, anzóis mais pequenos.

Resumindo, não existe um anzol que seja melhor em tudo, cada um tem sua potencialidade.

Agora é só utilizá-los nas devidas alturas.

Excelentes jornadas para ti.

Rui e Nuno

 

 

 

Outros vídeos de interesse:

8 Comentários

  1. paulo carvalho

    Olá amigos,
    Antes de mais muito obrigado por mais um excelente vídeo que acabo de receber.
    Realmente esta malta sabe muito e mostra uma enorme paixão por este delicioso desporto.
    Para além disto não se “fecham”, e têm a amabilidade e a humildade de partilhar o conhecimento de uma forma clara e inteligente.
    Força pessoal!
    Um abraço.
    P. Carvalho

    • Olá Paulo. São comentários como os teus e pessoas como tu, que nos fazem continuar. Fazemos com imensa paixão.
      Muito obrigado pelo apoio. Um grande abraço do Rui e Nuno

  2. Pedro Martins

    TOP! Magnifico video! continuem porque estamos todos a seguir com muita atençao!!!!

    grande Abraço

    • Olá Pedro, muito obrigado pelo apoio. Um grande abraço do Rui e Nuno

  3. Peter

    Boas amigos! Obrigado por mais um excelente video, sem duvida alguma uma grande explicaçao que cativa… Desta forma qualquer um de nós sem experiencia de que tipo de material a usar ja fica com algumas “luzes”… O Rui e Nuno juntamente com o Manuel Monteiro sao excelente professores da arte da pesca. Posso dizer que ja vou apanhando alguns peixes de jeito, isto porque aos poucos vou tendo a noçao das tecnicas e materiais a usar. Continuem com o excelente trabalho!
    Adorei e estarei atento aos proximos videos.

    Um abraço e boas pescas!

    • Olá Peter. Que gratificante é ouvir o teu comentário, realmente mesmo muito bom.
      Perceber que nossas dicas ajudam os pescadores de surfcasting.
      Um forte abraço do Rui e Nuno

  4. Adelino Antunes

    Sensacional video.
    Bastante elucidativo e instrutivo.
    Sou um novato pescador de surfcasting (já cota e reformado) que se apaixonou pela modalidade e tenho que lhes agradecer todos os conselhos ensinamentos provenientes da vossa experiência.
    Convosco tenho aprendido bastante.
    Pela parte que me toca um muito obrigado.
    Um abraço.

    • Olá amigo Adelino. A paixão não tem idade, ficamos muito satisfeitos que o nosso trabalho o tenha ajudado. De certeza que com os próximos vídeos, o vão ajudar imenso. São pessoas como o Adelino, que nos fazem continuar com o nosso projecto. Muito obrigado nós, pelo seu comentário, e o seu apoio. Um grande abraço do Rui e Nuno

Responder a Rui e Nuno Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *