carretos para bóia ou pião???

Carreto para pesca ao pião ou para pescar com bóias finas, quais as principais diferenças?
Qual o mais indicado para um ou outro tipo de pesca?

As principais diferenças

Primeiramente temos de saber quais as principais diferenças entre os dois tipos de pesca.
Uma frase que me vão ouvir (ou ler) muitas vezes, que não me canso de repetir é:

DEVEMOS PESCAR SEMPRE O MAIS FINO E LEVE QUE POSSÍVEL.
Se devemos pescar o mais leve e fino possível, o que nos faz usar uma bóia tão pesada (pião)?

boias
Normalmente é a altura do pesqueiro e ou a força do mar ou vento, mas o factor que vai fazer
toda a diferença na escolha do carreto. Vai ser a ALTURA , a altura do pesqueiro vai alterar tudo.

Pois a partir do momento em que o tamanho da cana já não é o suficiente para retirar os peixes da agua sem a ajuda do carreto, tudo muda de figura.

Quando temos um peixe pendurado pela cana, e temos de recorrer ao carreto para enrolar linha.
O esforço vai ser tremendo para a maquina, por essa razão a prioridade na escolha do carreto vai ser a força.

Bóia tradicional – Qual carreto escolher

carreto boias finasJá na pesca à bóia tradicional, a bóia fina tipo caneta, normalmente é praticada mais perto da agua em pesqueiros mais baixos.

Ao eliminar o factor altura, o esforço a que o carreto vai ser sujeito e muito menor. Pois supostamente
só terá de recolher linha durante a luta com o peixe.

 

Só o vai puxar o peixe enquanto está dentro de agua. Na altura de o retirar, vai ser a cana a o trazer para cima.

Se para a modalidade de pesca com bóias finas a prioridade na escolha do carreto não tem de ser a força, vamos então nos concentrar em características que nos ajudem na pesca. Como por exemplo um bom drag, e quando digo um bom drag não me refiro a um drag forte mas sim a um drag preciso, que nos permita trabalhar com linhas o mais finas possível.

Claro que estes exemplos de escolhas de características num carreto, estão sempre relacionados com a gama de cada um, pois num carreto topo de gama é muito fácil encontrar força, drag forte e preciso, enrolar de linha perfeito, suavidade etc etc.

Estes exemplos servem para ajudar a optar pelas melhores características principais consoante o tipo de pesca a que ele vai servir.

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Outros vídeos de interesse:

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: http://segredosdepesca.com/oferta

4 Comentários

  1. Tiago Franco

    Boa tarde Manuel,
    Muitos parabéns pelo teu trabalho. Estou a gostar muitos das suas dicas, pelos temas que aborda, que são muito interessantes, para quem quer aprender mais sobre a pesca.
    Pode, por favor, num dos teus vídeos abordar o tema do ratio dos carretos? o que significa o 6.1:1, o 4.9:1 e por aí fora. É que já vi carretos com praticamente o mesmo tamanho e com ratios completamente diferentes.
    Continuação de um bom trabalho.
    Obrigado
    Tiago

    • Boas Tiago obrigado pelos elogios
      Boa ideia
      muito em breve farei um vídeo a abordar esse tema

  2. Carlos

    Olá Manuel,
    Quero dizer mais um vez que os teus conteúdos são incríveis muito bem explicado até para alguém como eu que é o iniciante nesta área.

    Parabéns e continua assim, vais-te surpreender com o teu futuro na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *