Pesca ao Pargo ou pica pica???


Pesca ao Pargo ou pica pica???
Muitos são os pescadores que não se conseguem decidir, então o que normalmente fazem é colocarem um
estrálho com um anzol maior (normalmente o anzol do fundo da montagem) iscado com sardinha ou cavala
na esperança de pescar um peixe maior.
apare
Os restantes dois anzóis mais pequenos normalmente qualquer coisa tipo numero quatro iscados com camarão.
Já vi equipas de pesca embarcada em que é “obrigatório” todos os membros terem sempre pelo menos um anzol
iscado com sardinha, para ajudarem a engodar e assim fazer pesqueiro.
A minha opinião a que dou sempre a todos os pescadores e a que falo neste vídeo é sempre a mesma:
Se não se conseguem decidir, ou se não querem dedicar uma jornada inteira a um só tipo de pesca, façam-no
durante umas horas, mas façam a pesca o melhor possível para cada modalidade, e não uma mistura
que nem é boa para uma coisa nem para outra.
Uma mota de cross não tem nada a ver com uma de estrada, não é verdade?
Ambas são motas, mas feitas para fins diferentes.
Assim também devem de ser as montagens que fazemos para a pesca.
No pica pica, como é vulgarmente conhecida a pesca aos diversos (choupas, carapaus , besugos, safias etc)
toda a montagem deve ser feita com linhas muito mais finas e discretas, anzóis pequenos e finos, pequenas iscadas e toda a pesca em si deve de ser diferente da pesca ao pargo desde a chumbada ao tamanho dos estralhos
quantidade de anzóis e por ai fora (nem vou falar de canas e carretos).
Enquanto a pesca ao Pargo deve ser uma montagem muito mais simples e forte.
pargo
Como por exemplo á chumbadinha ou á zagaia.
Nesse tipo de montagem em que o pescador coloca dois anzóis mais pequenos em cima e uma maior em baixo com sardinha,
pergunto eu : como regula a embraiagem do carreto? para ceder antes de partir um zero vinte e cinco ou para segurar
um pargo de seis quilos e assim o impedir de ir roçar a linha nas pedras?

Guardar

Guardar

Outros vídeos de interesse:

Manuel Monteiro

Manuel Monteiro tem mais de vinte anos de experiência em pesca desportiva pela qual é apaixonado, especialmente á pesca aos sargos e mais de dez anos a trabalhar numa loja da área.

Website: http://segredosdepesca.com/oferta

12 Comentários

  1. António Amorim

    Bom trabalho, parabéns !!

  2. Mario Alberto Gonçalves

    Sr. Manuel Monteiro agradeço não continuar a mandar-me mensagens por motivo de minha ausência, pois vou para o VIETNAME. Obrigado

    • Mario desejo-lhe tudo de bom, e espero que consiga conquistar todos os seus objectivos.
      Para não receber mais email meus basta ir ao fundo de um dos meus email, e lá vai ter a opção de não receber mais.
      Abraço MM.

  3. Henrique Frazão

    muito bom. obrigado

  4. Paulo Simões

    Até que enfim que aparece alguém entendido na matéria que nos explica sem segredos, e com clareza e humildade. Muito obrigado pelas dicas, acho que vou começar a frequentar a sua loja.

  5. José Dias

    Boas Manuel,
    Já o meu avô dizia que “conhecimento só é conhecimento se partilhado”, assim sendo os meus parabéns pela forma clara, objectiva e humilde com que partilha os seus conhecimentos, uma mais valia para todos aqueles que agora se iniciam na pesca, bem como para os que como eu já a praticam há alguns anos, pois a pesca é a arte de uma vida onde o conhecimento se adquire jornada após jornada, cabendo a cada um de nós ter a humildade para o reconhecer, aceitar e partilhar.
    Bem haja, e continuação do excelente trabalho.
    Um abraço da Costa Sul.

    • Boas José
      Muito obrigado por um comentário tão agradável.
      Também gosto muito da máxima do teu avô
      É muito gratificante receber um comentário em qual o único e nobre objectivo é agradecer.
      Obrigado José Dias.

  6. Pilinhas

    Oh Manel, agora é que tu me ficaste, pescar ao pargo a chumbadinha!!? eu realmente não percebo nada disto, mas eu faço-me…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *